JULGAMENTO HISTÓRICO NO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL EM 01.12.2011

CLIQUE NOS LINKS PARA ASSISTIR O JULGAMENTO HISTÓRICO DE 01.12.2011

ESTAMOS DISPONIBILIZANDO OS LINKS DO YOU TUBE ENVIADOS PELO PROF. MANOEL AZEVEDO. É SÓ CLICAR E VERÁ OS VÁRIOS MOMENTOS DAQUELE HISTÓRICO JULGAMENTO.

Abaixo, respectivamente, estão os endereços no youtube das partes 1 de 5, 2 de 5, 3 de 5, 4 de 5 e 5 de 5 do vídeo do julgamento histórico no STF.

http://www.youtube.com/watch?v=w4DHkYcKpoo
http://www.youtube.com/watch?v=rRE6L0fu4Ks
http://www.youtube.com/watch?v=gQzH1FNS5Sg
http://www.youtube.com/watch?v=8FqTJqKrjww
http://www.youtube.com/watch?v=z1UKoALstcI

quinta-feira, 9 de junho de 2016

NOTÍCIAS DO SINDESP E DO PLANO VERÃO

EDIÇÃO DE HOJE, SEXTA-FEIRA, DIA 10 DE JUNHO DE 2016
QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS

NOTICIAS DO SINDESP

Na quarta-feira estivemos com os professores Alberto Dias Gadanha, Elieser Forte Magalhães e Gilberto Leitão no SINDESP para fazer algumas constatações.
Lá fomos recebidos pelo sr. Camelo que se disse ADMINISTRADOR do SINDESP e provou com um contra-cheque no valor de R$ 6.000,00 (seis mil reais) quantia que muitos de nossos colegas de 20 horas e muitas pensionistas  não ganham.
O prédio de 2 andares está sendo demolido e muitas árvores foram cortadas e a madeira delas está empilhada no pátio interno.
Maiores detalhes na próxima edição pois estaremos transcrevendo a conversa com o administrador e exibido cópias dos contra-cheques dos novos funcionários. Tudo muito bem documentado e testemunhado. 
Temos farto material, mas estamos com dificuldades técnicas para recebê-lo. Por esse motivo não podemos descer a pormenores de nossa visita. Este blog não calunia nem faz acusações levianas.

PLANO VERÃO
O prazo pedido ao juiz da 2a. vara do   Trabalho foi concedido conforme documento expedido por aquele juízo. Lembramos que o prazo foi solicitado  pela defesa para ultimar os cálculos de alguns retardatários. 

REUNIÃO NA URCA
Através de e-mail enviamos as informações que nos foram transmitidas pela Dra. Milena Machado, filha da professora Terezinha Caldas, nossa colega da ação PISO SALARIAL. Leiam com atenção e surpreendam-se com o resultado da reunião já adiantado pelo colega Rogério Wayne neste blog.

Estamos operando em condições adversas daí porque estão faltando as ilustrações. Um forte abraço.

Nossas estatísticas às 10:37 h do dia 10.09.2016


Visualizações de página de hoje
200
Visualizações de página de ontem
472
Visualizações de página do mês passado

11.046
Histórico de todas as visualizações de página

997.291

A CAMINHO DE UM MILHÃO DE VISITAS. FALTA POUCO!
SORRY, INIMIGOS DO BLOG!

2 comentários:

Rogerio wayne Wayne disse...

Prezado Professor TELMO
a Reunião da URCA ñ contou com a direção do SINDESP, apenas a Dra. Gleyddes Sindeaux que por sinal foi de uma clareza impar. Diante do exposto é claro que quem ñ tinha assinado autorizou a retirada , pois como o Sr. citou o contador VALDEMAR, a própria Advogada também fez citação sobre o trabalho, e com toda sinceridade Eu autorizei o tal desconto. Houve uma grande participação do pessoal da URCA inclusive de pensionistas que ainda ñ tinha recebido nada das diferenças bem como dos falecidos. Somente uma coisa fez com que EU respondesse a Professora Ladislau (SINDESP- CRATO) um comentario sobre o que postei no BLOG. Se ñ gostou nada contra, mas que vou ficar fazendo comentario Vou sim por que se o SINDESP ñ informa nada como podemos saber das coisas que acontecem em nosso caso. Por isso Digo Viva a opinião Viva a livre liberdade do FALAR e Viva a a proxima eleição do SINDESP.

Rogerio wayne Wayne disse...

Prezado Professor TELMO tem coisas que nos substitutos da URCA ñ compreendemos. Descontos de IRRF de 1.729,12 e mais Previdência de 601.05e ainda os 20% da Advogada. Liquido de ........3........ Por que me desculpe se a informação for errada as duas coirmãs recebem o total sem o desconto ?A Dra. glayddes se prontificou de lutar para esclarecer as dúvidas já que tal desconto viria a ser aplicado quando o pagamentos dos Precatórios. Vamos lutar para corrigir esses descontos que são retirados e nos ñ informamos ao fisco.