JULGAMENTO HISTÓRICO NO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL EM 01.12.2011

CLIQUE NOS LINKS PARA ASSISTIR O JULGAMENTO HISTÓRICO DE 01.12.2011

ESTAMOS DISPONIBILIZANDO OS LINKS DO YOU TUBE ENVIADOS PELO PROF. MANOEL AZEVEDO. É SÓ CLICAR E VERÁ OS VÁRIOS MOMENTOS DAQUELE HISTÓRICO JULGAMENTO.

Abaixo, respectivamente, estão os endereços no youtube das partes 1 de 5, 2 de 5, 3 de 5, 4 de 5 e 5 de 5 do vídeo do julgamento histórico no STF.

http://www.youtube.com/watch?v=w4DHkYcKpoo
http://www.youtube.com/watch?v=rRE6L0fu4Ks
http://www.youtube.com/watch?v=gQzH1FNS5Sg
http://www.youtube.com/watch?v=8FqTJqKrjww
http://www.youtube.com/watch?v=z1UKoALstcI

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

AUDIÊNCIA CONFIRMADA PARA O DIA 21.12.2017

EDIÇÃO DE HOJE, QUINTA-FEIRA, DIA 14 DE DEZEMBRO DE 2017
CARÍSSIMOS AMIGOS, CARÍSSIMAS AMIGAS


Através de contato telefônico mantido conosco, o Dr. José Ribamar da Silva, diretor da Divisão de Cadastramento Processual do TRT, confirmou a Audiência de Conciliação para o dia 21 de dezembro. O local é o auditório do TRT e o horário é 10:00 horas.

Voltaremos mais tarde...

Nossas estatísticas às 118:14 h

Visualizações de página de hoje
389
Visualizações de página de ontem
629
Visualizações de página do mês passado
12.314

Histórico de todas as visualizações de página
1.288.404


quarta-feira, 13 de dezembro de 2017




ESTIVEMOS HÁ POUCO NO TRT ONDE MANTIVEMOS  UM ENCONTRO COM OS DRS. RIBAMAR E PINHEIRO.
DA CONVERSA PODEMOS DESTACAR QUE:
AINDA NÃO FOI AGENDADA A AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO. ASSIM SENDO, NÃO PROCEDE A NOTICIA DE QUE SERÁ NO DIA 19.12.2017.
HÁ UMA POSSIBILIDADE REAL DE ACONTECER NO DIA 19 DE DEZEMBRO, MAS A CONFIRMAÇÃO SÓ VIRÁ AMANHÃ A TARDE.
A AUDIÊNCIA NÃO SERÁ COM UM PEQUENO GRUPO. SERÁ PÚBLICA NO AUDITÓRIO DO TRT.

ESTAMOS ACOMPANHANDO TODA A MOVIMENTAÇÃO. CONTINUE LIGADO(A) NO SITE DO SINDESP E NO BLOG PARA SE MANTER BEM INFORMADO(A).

AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO; ESCLARECIMENTOS

EDIÇÃO DE HOJE, QUARTA-FEIRA, DIA 13 DE DEZEMBRO DE 2017
QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS



Sobre a tal audiência de conciliação temos a informar:
1. Não foi pedida por iniciativa do presidente do SINDESP
2. É da iniciativa de um grupo liderado por um ex-secretário geral e uma ex-suplente do conselho fiscal, usando o nome do SINDESP ,sem nenhuma delegação para esse fim.
3. Reza o artigo 36 do Estatuto: "Cabe ao Presidente:
I- representar o SINDESP ativa e passivamente, judicial e extrajudicialmente, perante as autoridades administrativas e judiciárias, podendo também delegar poderes"
4. Em nenhum momento o presidente do SINDESP delegou poderes a outros sindicalizados para intervir no curso do processo que tramita no TRT, seja na iniciativa da conciliação, seja no julgamento do embargo de declaração que corre junto à primeira turma e cuja relatora é a eminente desembargadora Dulcina de Holanda Palhano.
5. Mesmo sem ter tomado a iniciativa o presidente tem acompanhado a movimentação que cerca a pretensa audiência de conciliação sem criar qualquer tipo de obstáculo para dificultar ou impedir que ela aconteça.
6. O governo do Estado, através da PGE sinaliza com a possibilidade de um acordo. Cabe-nos tomar ciência de sua proposta e levar ao conhecimento de toda a categoria.
7. O presidente do SINDESP legitimado pela recente eleição onde obteve 65,91 % dos votos não abre mão de sua prerrogativa de interlocução com as autoridades do governo.
8. A causa é coletiva e nenhum acordo será selado com o governo através de um pequeno grupo, em reunião restrita a portas fechadas.
9. As dificuldades enfrentadas pela categoria e o desespero de alguns não podem determinar a cessão de direitos adquiridos através  da justiça em uma batalha desigual que já dura quase 26 anos só no âmbito dos tribunais.
10. Assim sendo, não haverá acordos espúrios feitos com a mediação de pequenos grupos. Se alguma proposta for feita pela parte do governo a mesma será examinada pela diretoria, por uma comissão técnica contratada para essa finalidade, pela defesa e submetida, sem açodamentos a uma assembleia geral da categoria convocada com pauta exclusiva.
12. Estamos monitorando o passo a passo da movimentação no TRT e tomando medidas para evitar que ingerências indébitas possam nos trazer mais prejuízos. Reiteramos que não cederemos quanto à nossa legitimidade na interlocução de um possível diálogo com o governo.
11. Qualquer especulação que fuja ao conteúdo desses esclarecimentos não merece o menor crédito.

Fortaleza, 13 de dezembro de 2017

professor Gilberto Telmo Sidney Marques
presidente do SINDESP

Esta nota estará disponibilizada  no site do SINDESP.

VOLTAREMOS MAIS  TARDE COM MAIS INFORMAÇÕES!!!

nossas estatísticas:

Visualizações de página de hoje
183
Visualizações de página de ontem
519
Visualizações de página do mês passado
12.098

Histórico de todas as visualizações de página
1.287.569

BOM DIA!!!

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO: NOTÍCIAS

EDIÇÃO DE HOJE, TERÇA-FEIRA, DIA 12 DE DEZEMBRO DE 2017
CARÍSSIMOS AMIGOS, CARÍSSIMAS AMIGAS


EM PRIMEIRA MÃO

Acompanhado do Diretor Administrativo do SINDESP, professor Gilberto Leitão, estivemos hoje no TRT por volta da 10:10 h. Encontramos o Dr. Ribamar que está organizando a audiência com os setores do Governo do Estado na porta do Tribunal. Em rápida conversa ele nos informou que havia um sensível progresso quanto à disposição do governo em agendar a aguardada audiência.
Segundo ele já houve contatos entre o TRT e o governo. E o dr. Ribamar revelou seu otimismo quanto ao desenrolar das negociações. Adiantou-nos que o desembargador Antonio Parente na quinta-feira estará no TRT para agendar uma audiência antes do recesso da justiça trabalhista.
Mais informações no site do SINDESP  e no blog na quinta-feira próxima.

sábado, 9 de dezembro de 2017

POSSE DA NOVA DIRETORIA DO SINDESP: ESCLARECIMENTOS

2ª EDIÇÃO DE HOJE. SÁBADO, DIA 09 DE DEZEMBRO DE 2017
CARÍSSIMOS AMIGOS, CARÍSSIMAS AMIGAS

HABITUEM-SE A ACESSAR O SITE DO SINDESP E SALVEM SEU ENDEREÇO NOS FAVORITOS OU NA TELA DO COMPUTADOR.

A propósito de alguns devaneios publicados em rede social sugerindo irregularidades na posse de Diretores e Conselheiros eleitos no dia 27 de outubro de 2017, reproduzimos os esclarecimentos publicados no site oficial do SINDESP no dia 07 de dezembro. Leiamos:

DIPLOMAÇÃO E POSSE DA NOVA DIRETORIA DO SINDESP
Para dirimir dúvidas quanto ao processo eleitoral e a posse dos eleitos, cabe-nos informar:
O processo eleitoral foi desencadeado a partir da nomeação da Comissão Eleitoral através de Edital publicado nos jornais DIÁRIO DO NORDESTE e O POVO, datado de 09 de outubro de 2017. A eleição ocorreu no dia 27 de outubro em Fortaleza nos campi de Fátima (CH) e Itaperi, em Sobral, em Limoeiro, em Iguatu e no Crato, sem nenhuma anormalidade.

PUBLICAÇÕES NOS JORNAIS DIÁRIO DO NORDESTE
 E O POVO CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL
 ESPECÍFICA PARA A POSSE.
A posse dos eleitos em Assembleia Geral foi especialmente convocada para essa finalidade através de editais publicados nos jornais DIÁRIO DO NORDESTE e O POVO (reproduzidos acima), com data de 21 de novembro de 2017 cotejando os artigos 22, 36-II e 75§2º do estatuto. A competência da posse é do presidente da Comissão Eleitoral. Leiamos o que diz o artigo 75 no seu § 2º: “Realizadas as eleições e proclamados os resultados pela comissão eleitoral esta terá um prazo de máximo de 30 (trinta) dias para, através de uma Assembleia Geral Extraordinária – AGE – específica para  tal fim, dar posse aos eleitos, cujos mandatos iniciar-se-ão no dia da posse e terminarão no dia 31 (trinta e um) de dezembro de 2019(dois mil e dezenove)”.
A posse ocorreu em Assembleia Geral Extraordinária no dia 24 de novembro (dentro do prazo legal de 30 dias), foi convocada através de edital publicado em dois grandes jornais no dia 21 de outubro e reproduzidos no site. Todas as exigências foram cumpridas.
Fica claro que a convocação da Assembleia Geral Extraordinária é da competência do Presidente do SINDESP, mas a posse dos eleitos é a da competência da Comissão Eleitoral.
Feitos estes esclarecimentos consideramos irresponsáveis as acusações de ilegalidade no processo eleitoral e na posse dos eleitos.
Leia esta matéria no site do SINDESP.


Nota do blog:

Para algumas pessoas falta "cair a ficha". Dado o seu inconformismo e a sua miopia é de admirar que ainda não tenham colocado o processo eleitoral e a comissão eleitoral em suspeição e pedido a anulação da eleição. Se a diferença fosse mínima com certeza já teriam tentado. A eleição passou. É tempo de dissipar rancores. Precisamos caminhar juntos.
FIQUEMOS AGORA COM A ETERNA CLARA NUNES


A propósito do falecimento do professor Bendimar, recebemos a  mensagem abaixo do professor Rogério Wayne, vice-presidente Regional do SINDESP:
Blogger Rogerio wayne Wayne disse...
Grande mestre de nossa URCA foi um poderoso Coordenador durantes os anos 70 e 80 no Colégio Diocesano do Crato quando foi instalado o Cursinho SKEMA com professores de Fortaleza onde se destacava o Nosso Presidente do SINDESP que vinham uma vez por semana para cidade do Crato. Foi um projeto pioneiro criado com a ajuda de BENDIMAR. Depois durante a Gestão do Reitor Professor Teodoro foi o principal elo entre a Reitoria e a comunidade . Essa era sua marca simplicidade e competência . Foi importante sua participação no Primeiro Simpósio sobre o Padre Cícero . Depois disso volta a ser apenas o Bendimar que a todos agradava com seu jeito e competência na área do Departamento de Historia. Bendimar como um soldado de Dom Bosco encarou a EDUCAÇÃO como um caminho para transformação do homem. o Grande exemplo é a construção de sua familia e o legado que deixou como simbolo da Harmonia e da Paz. Nossa saudade deste magnifico Mestre será enorme e esperamos que ele encontre dois mestre José Boaventura e Alderico de Paula Damasceno bem como nosso Monsenhor Montenegro. Paz e bem para esse nosso amigo JOSE BENDIMAR DE LIMA
9 de dezembro de 2017 16:59

AUDIÊNCIA NA DÉCIMA VARA E RETROSPECTIVA DA SEMANA

EDIÇÃO DE HOJE, SÁBADO, DIA 09 DE DEZEMBRO DE 2017
QUERIDOS AMIGOS,QUERIDAS AMIGAS

AUDIÊNCIA NA DÉCIMA  VARA: AÇÃO DO SINDESP CONTRA A DIRETORIA DESTITUÍDA 


Sexta-feira, dia 01 de dezembro aconteceu mais uma audiência na 10ª Vara da JT da ação que cobra prestação de contas da diretoria destituída. Na ocasião a foi conformada a manutenção do espólio do ex-presidente falecido no polo passivo e também a proposta de pagamento dos serviços de um perito contábil credenciado pela justiça para periciar as contas do período anterior à diretoria destituída. Informamos que o perito credenciado propôs a importância de R$ 10.000,00 (dez mil reais) pelos serviços. O SINDESP fez uma contraproposta de R$ 5.000,00 (cinco mil reais). A juíza mandou encaminhar a contraproposta ao perito, condicionando o agendamento da próxima audiência ao trabalho do perito. 
A sessão, sob o comando da juíza substituta Dra. Raquel Carvalho Vasconcelos Sousa foi encerrada sem a oitiva das testemunhas, algumas das quais  deixaram de comparecer.
A ata da audiência, mostra como mais clareza o que foi definido na ocasião.





NOTA DO BLOG;

A AÇÃO DA DÉCIMA VARA VAI PROSSEGUIR ATÉ QUE TUDO SEJA ESCLARECIDO E OS DANOS REPARADOS. VAMOS DAR CONTINUIDADE A AUDITORIA QUE REVELOU FATOS INCRÍVEIS DE PESSOAS QUE NÃO ERAM DA DIRETORIA, MAS RECEBIAM FAVORES FINANCEIROS ATRAVÉS DE CHEQUES NOMINAIS E QUE HOJE PREGAM MORALIDADE!!!


RETROSPECTIVA DA SEMANA


A semana que encerra hoje foi particularmente cansativa. O Ministério do Trabalho impôs uma série de condições para o registro da ata de posse no Cartório, incluindo a assinatura de todos os membros titulares e suplentes da Diretoria e dos Conselhos e o reconhecimento de firma para todos os titulares.
Professora Liduina Reis
representante da FECLI
Na segunda-feira estivemos em Iguatu e Limoeiro para manter contato e colher as assinaturas da professora Liduina Reis e José Maria Guerreiro.
Na terça-feira tivemos audiência com o desembargador Jeferson Quesado. 
Na quarta-feira estivemos com o Dr. Ribamar, conforme o relatado no site e repercutido no blog. 
Na quinta-feira tivemos uma reunião informal com alguns membros da nova diretoria para uma avaliação do momento, distribuição de tarefas e análise de sugestões para o planejamento das ações do ano de 2018.
Na sexta-feira saímos a cata de assinaturas e comparecemos ao cartório para o reconhecimento de firmas. 
Até o presente momento estão colhidas as assinaturas com firmas reconhecidas dos membros titulares da URCA, da UVA, da FAFIDAM, da FECLI e da maioria dos titulares da Capital.

Fiquemos agora com Somewhere My Love interpretada pela Orquestra e Coral de Ray Conniff


e com as nossas estatísticas às 11:43 h de sábado, dia 09.12.2017 

Visualizações de página de hoje
185
Visualizações de página de ontem
442
Visualizações de página do mês passado
11.950
Histórico de todas as visualizações de página

1.285.901


sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

COMOÇÃO NO CARIRI: FALECEU O AMIGO PROFESSOR JOSÉ BENDIMAR DE LIMA

EDIÇÃO DE HOJE, SEXTA-FEIRA, DIA 08 DE DEZEMBRO DE 2017
QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS





PROFESSOR JOSÉ BENDIMAR DE LIMA




Ao final de uma semana cansativa, registramos, com imensa tristeza, o falecimento aos 67 anos,  do nosso colega e amigo professor Bendimar. Na década de1980 tivemos o prazer de conhecer e conviver com Bendimar quando lecionamos durante um ano no Colégio Diocesano do Crato. Naquela época ele era coordenador do colégio.  Tornamo-nos amigos. Muitas vezes almoçamos juntos às terças-feiras.  Com ele aprendemos  muito. Graduado em Filosofia e Pedagogia, especialista e mestre em Sociologia, Bendimar era modesto e elegante nos gestos e na fala.
Professor da Fundação Padre Ibiapina foi um pioneiro que contribuiu para a consolidação da URCA, como reconhece o magnífico Reitor Dr.José Patrício Pereira Melo, Bendimar também era professor da UECE, aprovado em concurso de Provas e Títulos em 1983 para a Unidade Acadêmica de Crateús, atualmente Faculdade de Educação de Crateús – FAEC.
Já enfermo, Bendimar compareceu à sede do SINDESP Cariri no dia 27 de outubro para exercer o seu direito de votar. Era a sua última contribuição para a consolidação da entidade. 
Colegas professores, funcionários, estudantes da URCA e todos aqueles que conviveram com Bendimar estão lamentando pesarosos a sua morte prematura.
Em nome do SINDESP registramos nossa imensa tristeza e enviamos simbolicamente nosso abraço solidário aos amigos e familiares.

ATENÇÃO:
O corpo está sendo velado no Centro de Velório Anjo da Guarda e o sepultamento será amanhã, às 10h no Cemitério Parque das Flores.


URCA DECRETA LUTO OFICIAL PELO FALECIMENTO DO PROFESSOR BENDIMAR

Através de Portaria o Magnífico Reitor da URCA suspendeu as atividades acadêmicas do dia de hoje e decretou luto oficial de 3 (três) dias. Leiamos a portaria:

PORTARIA Nº. 867/2017 – GR
O REITOR da Universidade Regional do Cariri – URCA, no uso das atribuições legais e com fundamento no que dispõe o Art. 15 do Estatuto da Universidade Regional do Cariri, aprovado pelo Decreto nº 18.136, de 16 de setembro de 1986,
CONSIDERANDO a infausta e prematura ocorrência do falecimento do Professor José Bendimar de Lima, Professor do Departamento de História da URCA, ocorrido nesta data e, expressando inteira solidariedade aos familiares, a comunidade acadêmica e científica;
CONSIDERANDO a contribuição inestimável do Professor José Bendimar de Lima para a consolidação da Universidade Regional do Cariri em sua atuação exemplar nas atividades fins da Universidade, e gestão acadêmica.
RESOLVE:
Art. 1º – Decretar luto oficial na Universidade Regional do Cariri, por três dias, hasteando as bandeiras a meio mastro;
Art. 2º – Suspender as atividades acadêmicas nos Campi Pimenta I e II da Universidade Regional do Cariri no dia 08 de dezembro de 2017, tarde e noite, sem prejuízo do cumprimento das ações administrativas emergenciais;
Art. 3º – Enviar mensagens de condolências aos familiares do Professor José Bendimar de Lima, cujo falecimento ocorreu em data de hoje, 08 de dezembro de 2017;
Art. 4º – Esta portaria entra em vigor na presente data, revogadas as disposições em contrário.
COMUNIQUE-SE, REGISTRE-SE E CUMPRA-SE.
Reitoria da URCA, em Crato, 08 de dezembro de 2017.
José Patrício Pereira Melo
Reitor
(Com informações do site PORTAL DE JUAZEIRO)

NOTA:

O SINDESP se fará representar no velório do professor Bendimar por seu vice-presidente Regional professor Rogério Wayne Noronha Brasil.
Fiquemos agora com Serenade de Franz Schubert
e com Thais Meditation de Massenet interpretada por Sarah Chang




NOTÍCIAS IMPORTANTES DA QUARTA VARA: AUDIÊNCIA E OUTROS ASSUNTOS.

EDIÇÃO DE HOJE, DIA 08 DE DEZEMBRO DE 2017
CARÍSSIMOS AMIGOS, CARÍSSIMAS AMIGAS

Nesta postagem relatamos as nossas idas ao TRT em busca de informações sobre o andamento de nosso processo. Tivemos audiências com o Desembargador Jeferson Quesado, vice-presidente e também com o Dr. José Ribamar, diretor da CEJUSC

Leiamos o relato:



MONITORAMENTO  DA MOVIMENTAÇÃO NO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO

ENTREVISTA COM O DESEMBARGADOR JEFFERSON QUESADO

Acompanhado do diretor Administrativo do SINDESP, professor Gilberto Leitão de Castro e Silva, estivemos no TRT na terça-feira, dia 05 de dezembro e na quarta-feira, dia 06 de dezembro.
Na manhã de terça conversamos com o Desembargador Jefferson Quesado sobre a reclamação constitucional, o embargo de declaração, a conciliação e ainda sobre o prosseguimento da execução na Quarta Vara.   
O magistrado informou que o caminho mais oportuno era o julgamento do embargo de declaração  que, se fosse favorável, remeteria o processo para a quarta vara prosseguir com a execução.  O juiz da execução não poderia se negar a prosseguir com o feito, sob pena de substituição através do corregedor. Com um assessor da desembargadora relatora, Dra. Dulcina Palhano, colhemos a informação que a magistrada se encontra de férias e que o julgamento do embargo de declaração não ocorreria mais neste ano. Algumas ingerências indébitas junto ao gabinete da relatora adiaram o julgamento do embargo de execução para depois da audiência de conciliação prevista para o dia 24 de novembro. O estado do Ceará pediu o adiamento da audiência e ficamos nós a ver navios: nem audiência, nem julgamento. A intervenção ao invés de ajudar, conturbou a tramitação do processo no TRT.  O grande beneficiário da foi o Estado que, em última análise, mais uma vez conseguiu ver adiada a continuidade da execução e ganhou tempo para montar mais um ardil.
A reclamação constitucional apresenta certa dificuldade para ser julgada no Pleno do TRT em virtude do grande número de desembargadores e desembargadoras que, por razões diversas, se encontram impedidos (as) ou alegaram suspeição (ou razões de foro íntimo). Este argumento foi utilizado recentemente pela PGE em uma de suas manifestações.
Quanto à audiência de conciliação, o Desembargador Jefferson Quesado nos encaminhou para uma conversa com o diretor da CEJUSC, órgão de conciliação do TRT com audiência agendada para o dia seguinte, quarta-feira.

ENTREVISTA COM O DR. RIBAMAR SILVA 

Na manhã de quarta-feira, dia 06 de dezembro, mantivemos  uma demorada conversa com o Dr. José Ribamar da Silva que pacientemente, do alto de sua experiência em casos semelhantes, nos esclareceu muitas duvidas. Na sua opinião pessoal, firmada pelas conversas que tem mantido com setores do governo, os interlocutores do estado têm manifestado interesse em fazer acordo com a nossa categoria. Salientou que em termos de governo do estado a conciliação raramente acontecia, mas agora havia uma sinalização positiva. O Dr. Ribamar não conhece os termos da proposta, mas adiantou-nos alguns parâmetros que obviamente seriam  usados: nível (auxiliar, assistente, adjunto) e carga horária (vinte horas  e quarenta horas).
Mas a notícia mais importante foi dada ao final da nossa entrevista, Na tarde de sexta-feira, dia 8 de novembro o Procurador Geral, Dr. Juvêncio Vasconcelos Viana, o Procurador Adjunto, Dr. João Régis Nogueira Matias, o titular da SEPLAG Maia Júnior, o Secretário da Fazenda Mauro Filho estarão reunidos com o Governador Camilo Santana. A pauta do encontro é a REIMPLANTAÇÃO DO PISO SALARIAL.


Estamos na expectativa. Não podemos avançar hipóteses. Qualquer especulação sobre o teor da proposta do governo é prematura. Através do site e de outros meios de comunicação a categoria será informada de toda a movimentação e dos próximos passos.

Estas notícias foram reproduzidas  do site: www.sindesp.com
Habitue-se a visitar o site do SINDESP que traz a manifestação oficial da diretoria.

Fiquemos agora com Silvio Caldas (é o novo...)

Para os saudosistas, um pouco da história
David Nasser fez os versos desta canção a pedido de Francisco Alves, que imaginava com tristeza o dia em que tivesse de se aposentar das gravações e das apresentações públicas, cantando apenas em festas e rodas de amigos. Chico Alves os musicou, mas a melodia se perdeu, sem ser gravada, por causa de seu trágico falecimento, em 1952. A letra, que estava em seu violão, salvou-se por milagre do fogo do acidente. David Nasser então recorreu a Joubert de Carvalho, que fez nova melodia, e, pela mão do destino, a canção ganhou contorno de homenagem póstuma ao Rei da Voz. "Silêncio do cantor" teve gravações por João Dias (Odeon) e Sílvio Caldas (Sinter), esta aqui, lançada em abril de 1953, disco 00-00.186-A, matriz S-413.
Texto Samuel Machado Filho Adilson Santos
Arquivo Confraria do Chiado

O blog também é cultura!!!
No final de semana mais informações sobre o processo que corre na 10ª Vara.
Permaneça ligado(a)

terça-feira, 28 de novembro de 2017

ASSEMBLEIA GERAL: DIPLOMAÇÃO E POSSE DOS NOVOS DIRIGENTES DO SINDESP

EDIÇÃO DE HOJE, TERÇA-FEIRA, DIA 28 DE NOVEMBRO DE 2017
CARÍSSIMOS AMIGOS, CARÍSSIMAS AMIGAS
Conforme o anunciado e divulgado no site do SINDESP,  aconteceu ao final da tarde de sexta-feira a Assembleia geral que deu posse aos membros da Diretoria, do Conselho Fiscal e dos representantes das IES UECE, URCA, UVA, FAFIDAM e FECLI.. Houve atraso no início da assembleia motivado por um imenso engarrafamento em uma das vias de acesso ao Itaperi.
A solenidade foi rápida e simples. O professor Eliezer Alves, que também é jornalista, funcionou como mestre de  cerimônias. A mesa foi constituída com o Reitor em exercício, professor Hildebrando Soares, o presidente da Comissão Eleitoral, professor Marcondes Cavalcante França e o presidente eleito professor Gilberto Telmo Sidney Marques.
O professor Marcondes fez uma rápida explanação sobre o processo eleitoral destacando a normalidade do pleito que ocorreu sem registro de incidentes e dentro da mais perfeita tranquilidade.Em seguida comandou a diplomação dos membros eleitos presentes à Assembleia. 
Na sequência o professor Hildebrando usou da palavra e fez um resgate histórico da presença do SINDESP na construção da IES estaduais.  Explicando melhor, ressaltou a contribuição   dos antigos professores na consolidação das referidas instituições.
Destacou a importância da luta pela reimplantação do PISO SALARIAL, mas sugeriu que o SINDESP se integrasse na luta em defesa das Universidades Estaduais e dos interesses de todos os professores. 
Na sequência falou o presidente eleito que fez um relato rápido das realizações do SINDESP no ano de 2017, reafirmou os compromissos de campanha com ênfase especial na luta pela reimplantação do PISO SALARIAL, no acompanhamento e na cobrança do PLANO VERÃO, na defesa intransigente do direito dos excluídos e, principalmente, no esforço de pacificação da categoria. Corroborando com as palavras do vice-Reitor assumiu o compromisso público de discutir com os associados e por em prática um maior engajamento na luta em defesa das IES públicas e contra as medidas de cerceamento de direitos praticadas pelo governo do estado e pelo governo federal.
O presidente eleito agradeceu a todos os que foram votar, aos que compareceram à assembleia de posse, ao Dr. Júlio Carlos Sampaio que contribuiu, de maneira inequívoca para que houvesse a mudança de rumos do SINDESP desde a célebre assembleia geral de 23 de junho de 2016 que destituiu a antiga diretoria e concretizou a ruptura entre o passado e o presente do sindicato.
Ao final de sua fala agradeceu o esforço e a competência da Comissão Eleitoral através do professor Fernando Peixoto de Melo, da professora Lineuda Murta, um ícone da FAVET e do presidente professor Marcondes Cavalcante França cuja atuação merece nosso aplauso.
Encerrada a solenidade de posse frequentada pela  maioria dos membros eleitos e alguns convidados, foi servido um lanche para os presentes.
Vejamos algumas fotos do evento:
Preleção do professor Marcondes
 presidente da Comissão Eleitoral

Professor Gilberto Telmo Presidente eleito

Professor Nelson Arruda, vice-presidente

Professor Odécio Magalhães,
vice-presidente  regional da UVA

Professor Rogério Wayne,
vice-presidente regional da URCA

Professor Alberto Gadanha, Secretário Geral

Professor Gilberto Leitão, Diretor Administrativo

Professor Fábio Castelo Branco, diretor de Finanças

Professora Helena Frota, Diretora de Formação
e Relações Intersindicais

Professor Inácio Loiola, suplente da Diretoria 

Professor Luciano Cavalcante, titular do
Conselho Fiscal 

Professor Eliezer Alves, titular do Conselho Fiscal

Professor Francisco Rodrigues,
suplente do Conselho Fiscal

Professor Neídes Nobre do Nascimento, 
representante da UECE no Conselho Deliberativo

Professora Maria Elisa do Socorro Maia,
suplente do Conselho Deliberativo (UECE)

Maria Socorro Nântua Rodrigues, representante da FAFIDAM no Conselho Deliberativo 

Discurso do professor Hildebrando Soares, reitor em exercicio



Fala do presidente empossado, professor Gilberto Telmo

Vista dos presentes destacando-se as professoras
 Socorro Furtado e Lineuda, os professores Odécio,
Roberto Spazzafumo e Eliezer Alves

Vista panorâmica da assistência

Reencontro da velha guarda: Gadanha, Rodrigues, Leitão, Arnoldo, Gilberto Leitão, Fernando Peixoto, todos posando com nosso decano Zé Guedes,.



Reencontro da Velha Guarda, agora com Fernando Luz e Spazzafumo.