JULGAMENTO HISTÓRICO NO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL EM 01.12.2011

CLIQUE NOS LINKS PARA ASSISTIR O JULGAMENTO HISTÓRICO DE 01.12.2011

ESTAMOS DISPONIBILIZANDO OS LINKS DO YOU TUBE ENVIADOS PELO PROF. MANOEL AZEVEDO. É SÓ CLICAR E VERÁ OS VÁRIOS MOMENTOS DAQUELE HISTÓRICO JULGAMENTO.

Abaixo, respectivamente, estão os endereços no youtube das partes 1 de 5, 2 de 5, 3 de 5, 4 de 5 e 5 de 5 do vídeo do julgamento histórico no STF.

http://www.youtube.com/watch?v=w4DHkYcKpoo
http://www.youtube.com/watch?v=rRE6L0fu4Ks
http://www.youtube.com/watch?v=gQzH1FNS5Sg
http://www.youtube.com/watch?v=8FqTJqKrjww
http://www.youtube.com/watch?v=z1UKoALstcI

quinta-feira, 31 de maio de 2012

QUARTA VARA: ENXURRADA DE PETIÇÕES ATRASA A LIQUIDAÇÃO. ASSEMBLÉIA GERAL DO SINDIUECE



EDIÇÃO DE HOJE, QUINTA FEIRA,DIA 31 DE MAIO DE 2012
QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS
Estamos mais uma vez com problemas com a internet recém instalada. Estamos usando um tablet cuja técnica não dominamos.
Noticias da quarta vara: uma tsunami de petições. Muito trabalho para a juiza. 


31/05/2012
PROTOCOLIZADA PETIÇÃO 0053-045509/2012 OUTRO/PEDIDO DE HABILITAÇÃO DE HERDEIROS 30/05/2012 ÀS 14:38 HORAS



31/05/2012
PROTOCOLIZADA PETIÇÃO 0053-045508/2012 OUTRO/PEDIDO DE HABILITAÇÃO DE HERDEIROS 30/05/2012 ÀS 14:38 HORAS



30/05/2012
AUTUADO O PROCESSO 0000886-50.2012.5.07.0004 - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM AGRAVO DE PETIÇÃO



30/05/2012
PROTOCOLIZADA PETIÇÃO 0013-005517/2012 RECDO-AGRAVO DE INSTRUMENTO EM AGRAVO DE PETIÇÃO 25/05/2012 ÀS 14:22 HORAS



30/05/2012
PROTOCOLIZADA PETIÇÃO 001270/2012-0058-OUTRO/HABILITAÇÃO DE HERDEIRO 30/05/2012 ÀS 14:55 HORAS



30/05/2012
JUNTADA DE PETIÇÃO PG Nº 044038/2012-0053



30/05/2012
JUNTADA DE PETIÇÃO PG Nº 039742/2012-0053



30/05/2012
JUNTADA DE PETIÇÃO AGRAVO DE PETIÇÃO PG Nº 005089/2012-0013



30/05/2012
JUNTADA PG Nº 001151/2012-0058 PROCESSO



Notícias da advogada:
Através do prof. Celio Andrade a Dra. Glayddes informa que esta aguardando o bloqueio de recursos para pagar os colegas da UVA. Há muito trabalho a realizar ainda. A execução apenas começou.


ASSEMBLÉIA GERAL DO SINDIUECE
O SINDIUECE  anuncia para amanhã uma assembleia geral. Um dos pontos de pauta é a questão do PISO SALARIAL. Estaremos lá atendendo um convite do prof. Macário para prestar alguns esclarecimentos sobre o andamento da execução da ação.
Data: 01 de junho de 2012
Local: auditório da PROGRAD
Horário: de 08:00 às 12:00 h

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Respeitar nosso Estatuto é valorizar nossa Autonomia

EDIÇÃO DE HOJE, QUARTA FEIRA,30 DE MAIO DE 2012
QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS
Recebemos do prof. Nelson Arruda, com pedido de publicação. artigo que trata sobre respeito ao Estatuto da UECE e da sua autonomia. Leiamos:

RESPEITAR NOSSO ESTATUTO É VALORIZAR NOSSA AUTONOMIA
Um dos grandes diferenciais de uma comunidade acadêmica atuante, confiante, produtiva e ética é o respeito aos princípios democráticos que devem reger todas as relações construídas por pessoas que, mesmo pensando individualmente, tem como objetivo coletivo a construção de uma autonomia pedagógica e administrativa, em busca da excelência no ensino, pesquisa e extensão.
Defendemos a pluralidade de idéias e pensamentos, pois somente esse é o caminho do Coletivo. No entanto, em decorrência da existência de opiniões antagônicas, divergentes, consonantes ou complementares é necessário o estabelecimento de regras e normas, que devem ser exaustivamente debatidas, discutidas e analisadas por todos os segmentos internos (Alunos, Servidores Técnico-Administrativos e Professores) que formam nossa instituição. Porém, uma vez deliberados e aprovados pela maioria, Estatutos, Regimentos, Portarias e demais documentos tornam-se diretrizes magnas que precisam ser respeitadas e defendidas em todos os momentos.
A legislação interna de nossa FUNECE/UECE tem na figura do Estatuto seu maior baluarte, tendo sido  devidamente discutido e aprovado pelos nossos Colegiados Superiores, transformado no Decreto nº 25.966, de 24/07/2000 e publicado no Diário Oficial do Estado em 26/07/2000. Por oportuno recordar que por ocasião de sua aprovação nas instâncias da UECE, o então presidente da Comissão, Prof. Francisco de Assis Moura Araripe, ao encaminhar o então projeto para votação destacou a importância do mesmo por “elevar o nível da democratização da dinâmica universitária na ênfase emprestada à sua ampla autonomia interna”.
Dentre as normativas listadas em nosso Estatuto, destaco in verbis o inciso I do artigo 42, a seguir transcrito:
Art. 42 - O exercício da Reitoria e da Vice-Reitoria subordina-se ainda às seguintes prescrições:
I - em caso de impedimento ou ausência do Reitor e do Vice-Reitor, o exercício da Reitoria caberá ao Diretor de Centro, Faculdade ou Instituto Superior com maior tempo de serviço na UECE;
Assim, foi com muita surpresa e indignação que vivenciei o descumprimento do nosso Estatuto no último dia 22/05/2012, quando não fui o Diretor Decano designado para responder temporariamente pelo exercício da Reitoria da nossa Universidade, já que com o término do mandato do ex-Reitor Prof. Francisco de Assis Moura Araripe, e a não nomeação imediata de seu sucessor pelo Governador do Estado, o cargo ficou vago, devendo ser ocupado nos termos do artigo 42 do Estatuto supra citado.
Destaco que, de forma inequívoca e segundo dados oficiais do DEPES, sou o Diretor de Centro (eleito pelos meus pares e nomeado pelo Reitor de acordo com a Portaria nº 1050/2008, publicada no DOE nº196, de 14/10/2008) com maior tempo de serviço na UECE, tendo ingressado em seus quadros funcionais em 01/08/1983. Ademais, nos últimos 2 anos fui eleito como Membro Titular na categoria de representante de Diretores de Centro no Conselho Universitário (CONSU) e Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE), com mandato até 16 de julho de 2012.
Ao tornarmos público esse relato, esperamos que fatos dessa natureza não se repitam e que a democracia e autonomia sejam garantidas através do respeito e cumprimento de nosso Estatuto.
Fortaleza, 28 de maio de 2012

Prof. José Nelson Arruda Filho, pedagogo pela Universidade Federal do Ceará, especialista em Metodologia do Ensino Superior e mestre em Políticas Públicas, pela Universidade Estadual do Ceará, Professor Efetivo desde 1983,Vice Coordenador do Curso de Pedagogia, Professor do Programa de Formação Docente em Nível Superior, 2001, no município de Catarina, membro do Conselho Universitário do Centro de Estudos Sociais Aplicados, 2003, Vice-Diretor do Centro de Educação, período 2002-2004, Conselheirodo Conselho de Educação do Ceará, desde 2006. Diretor do CED desde 2004. 


terça-feira, 29 de maio de 2012

ESTAMOS DE VOLTA, FINALMENTE... A LUTA PROSSEGUE...

EDIÇÃO DE HOJE, TERÇA FEIRA, DIA 29 DE MAIO DE 2012QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS
Alguns problemas de ordem pessoal e ainda a falta da internet nos afastaram por longos dias do salutar contato com vocês. Mas isso faz parte da vida. Vamos tocar este barco até o fim apesar dos inúmeros percalços de toda a natureza ainda encontramos força para continuar lutando. Se nós, por alguma circunstância adversa tombarmos, alguém prosseguirá. Há alguns combatentes de primeira hora para tocar este barco.
Um colega da URCA, prof. José Edmilson Pereira Félix que mora em Barbalha nos pergunta como fazer para receber as duas diferenças já creditadas em sua conta. Nossa resposta: Dirija-se à agência da Caixa Econômica Federal do Crato com cópias da identidade, do CPF, do contracheque e do comprovante de residência (conta de água, luz, etc). Procure o grente para fazer seu cadastro e assinar ficha de autógrafos. Lá você sacará suas diferenças.
Quanto às novidades, temos:
MOVIMENTAÇÕES NA 4ª. VARA

28/05/2012 RECEBIDOS OS AUTOS DE CARGA/VISTAS DE CROACI AGUIAR 28/05/2012 ÀS 14:50 HORAS

28/05/2012 PROTOCOLIZADA PETIÇÃO 0053-044038/2012 RECTE-MANIFESTACAO DA PARTE/REITERA PEDIDO DE HABILITAÇÃO 25/05/2012 ÀS 11:52 HORAS.

Esta é uma postagem rápida porque estamos com alguns compromissos agendados e muitos problemas para equacionar.
A nossa preocupação e o nosso compromisso com o PISO SALARIAL prosseguem até onde tivermos saúde e forças para lutar. Estamos tomando algumas providências e esperamos ter boas notícias até o final da semana.
Grande abraço

quarta-feira, 23 de maio de 2012

MOVIMENTAÇÕES DE ONTEM NO TRT E NO STF


EDIÇÃO DE HOJE, QUARTA FEIRA, DIA 23 DE MAIO DE 2012

QUERIDOS AMIGOS QUERIDAS AMIGAS
Vejam as movimentações no TRT e na quarta vara:

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO



22/05/2012
RECEBIDOS OS AUTOS - DE GAB07 EM 22/05/2012 09:29 P/ MARIZA DE PAIVA MELO CARVALHO DIAS
22/05/2012
REMETIDOS OS AUTOS DO(A) GAB DES DULCINA PALHANO P/SEC JUDICIÁRIA - PARA DILIGÊNCIA
18/05/2012
EXPEDIÇÃO - DE DESPACHO - Nº 00153/2012

 Leiamos agora o teor do despacho da desembargadora Dulcina Palhano:



PODER JUDICIÁRIO FEDERAL

JUSTIÇA DO TRABALHO

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 7ª REGIÃO

GABINETE DA DESEMBARGADORA DULCINA DE HOLANDA PALHANO


PROCESSO: 0003911-83.2012.5.07.0000 CLASSE: PETIÇÃO
REQUERENTE: ESTADO DO CEARÁ 
REQUERIDO: SINDICATO DOS DOCENTES DO ENSINO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ - SINDESP


DESPACHO Nº  00153/ 2012


Ouça-se o SINDICATO DOS DOCENTES DO ENSINO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ - SINDESP no prazo de 10 (dez) dias.

Após, voltem-me conclusos.

Fortaleza, 18 de maio de 2012.
DULCINA DE HOLANDA PALHANO
Desembargadora Relatora



 QUARTA VARA DA JUSTIÇA DO TRABALHO

22/05/2012
PUBLICADO EDITAL - NO DEJT 16/05/2012
21/05/2012
PROTOCOLIZADA PETIÇÃO 001151/2012-0058-OUTRO-PROCESSO/RESULTADO AG-ED-RR - 39340-03.1992.5.07.0004 21/05/2012 ÀS 10:45 HORAS
21/05/2012
PROTOCOLIZADA PETIÇÃO 0013-005089/2012 OUTRO-AGRAVO DE PETICAO/ESTADO DO CEARÁ 11/05/2012 ÀS 16:02 HORAS




 O EDITAL PUBLICADO NO DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO É O MAIS 

RECENTE DESPACHO DA DRA. KALINE LEWINTER JÁ DISPONIBILIZADO NESTE BLOG!


1.     Sobre a diligência determinada pela Dra. Dulcina:
Indaga-nos o colega Manoel Azevedo (que ainda está acordado a 1:17 h da madruga de quarta feira) sobre o teor da diligência enviada ao SINDESP. Colhemos algumas  informações segundo as quais a PGE como sempre faz está alegando supersalários e uma dívida impagável. E a diligência deve ser para que o SINDESP, através da advogada Dra. Glayddes Sindeaux conteste tais inverdades. Até porque, diferentemente dos procuradores que ganham mais que o governador, nenhum professor poderá perceber um salário maior que o do governador.

2.     Sobre a mudança de comendo da UECE
Terminou ontem o mandato de quatro anos do ex-reitor da UECE que faz parte da ação PISO SALARIAL e já deve ter embolsado as duas diferenças sem ter necessidade de ir até o posto da CEF como os mortais foram.
Antes de ocorrer a execução foram solicitadas a ele as fichas financeiras de todos os professores do piso para que a juíza pudesse fazer a implantação. Ele negou a informação alegando que só daria mediante determinação judicial e disse mais: “nós não temos piso. Nós temos é PCCV”. Essas atitudes e estas frases foram dirigidas a nós que estávamos pedindo os dados para enviar para a Dra. Glayddes e temos como testemunha o prof. Eduardo Ellery. Os demais presentes era a sra. Liana do SINSESC, o sr. Paulo Marcelo, a procuradora terceirizada da UECE.  Na fase de execução recusou-se a enviar informações ou esclarecimentos à juíza da quarta vara ouvindo as imposições da PGE. Foi por esse motivo que houve bloqueio do minguado dinheiro da UECE que atingiu várias contas inclusive as de convênios com o governo federal. De quem é a culpa da atual quebradeira da UECE? Com certeza nem é nossa nem da juíza. E mais ainda: entrou com embargo de execução juntamente com a reitora da URCA. Negado o embargo, delegou poderes a PGE para em nome da UECE entrar com um agravo de petição também negado pela juíza da quarta vara. É um fim de mandato melancólico e poderia ter sido bem diferente. A nós que acreditamos só nos resta lamentar. Lamentar muito. E desejar que Deus ilumine os caminhos do próximo gestor da UECE para garantir à Instituição dias melhores.

3.     Reitor pró-tempore
Assumirá hoje o comando da UECE, enquanto o governador indica o próximo reitor, o decano da Instituição, isto é, aquele diretor que tem mais tempo na UECE.
A rigor, quem tem mais mais tempo de serviço na UECE é o prof. Nelson Arruda, diretor do Centro de Educação, que está na Instituição desde 1983. O segundo maior tempo é do prof. Célio Pires diretor da Faculdade de Veterinária. Há divergências e há quem diga que ontem houve até discussão e constrangimentos por conta da disputa da vaga “pró-tempore”.


segunda-feira, 21 de maio de 2012

TIRO DE FESTIM: NO DESESPERO DE PERDEDOR GOVERNO PERSEGUIDOR ENTRA COM MAIS UM RECURSO INTEMPESTIVO E INCOMPETENTE!!! REIMPLANTAÇÃO JÁ!!!

EDIÇÃO DE HOJE, SEGUNDA FEIRA, DIA 21 DE MAIO DE 2012
QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS

O site do TRT revela hoje mais uma tentativa estéril de torpedear a execução produzida pela mente doentia de algum serviçal do governo déspota do sr. Cid Gomes.


21/05/2012
PROTOCOLIZADA PETIÇÃO 001151/2012-0058-OUTRO-PROCESSO/RESULTADO AG-ED-RR - 39340-03.1992.5.07.0004 21/05/2012 ÀS 10:45 HORAS

21/05/2012
PROTOCOLIZADA PETIÇÃO 0013-005089/2012 OUTRO-AGRAVO DE PETICAO/ESTADO DO CEARÁ 11/05/2012 ÀS 16:02 HORAS

O que nos causa perplexidade e suscita uma grande duvida é até quando essa gente perversa vai continuar alimentando uma guerra psicológica cruel que, em última análise, é uma ação terrorista contra nós todos e, de modo particular, contra os enfermos, contra as pensionistas e os filhos dos colegas que se perderam na curva da estrada sem ter o direito de usufruir da conquista do PISO SALARIAL.
Já está passando da hora da justiça tomar atitudes mais enérgicas não acolhendo nenhuma petição, punindo severamente, inclusive com a abertura de inquérito na polícia federal e o pedido de prisão para os agentes do governo que desrespeitam as decisões judiciais em afronta debochada aos tribunais deste país incluindo a suprema corte, o Supremo Tribunal Federal.
Quem de nós fica isento de punição se por uma razão qualquer deixa de cumprir seus deveres, saldar seus compromissos financeiros? O tratamento é desigual. Nós não podemos errar. O governo pode errar e reincidir no erro sem ser punido exemplarmente! Dois pesos e duas medidas!

Conta um livro de crônicas de um escritor paraibano cujo nome não recordamos uma historinha ocorrida em pleno sertão em tempo de seca como o tempo atual. A seca era devastadora. O caboclo perdera toda a plantação, umas cabeças de gado. Ao ver tombar sua última vaquinha desesperou-se e olhando para o céu, reproduziu, a seu modo, a apóstrofe atrevida do  padre Antonio Vieira, o português:  
" - Ei, vocês aí de cima não estão vendo isto não? "
E continuou:
"- Se fosse um pecadinho desse tamaninho (e fez um gesto com o indicador e om polegar) estava todo mundo aí como os "oião" deste tamanho" (e fez outro gesto desta vez unindo polegares e indicadores das duas mãos). 
Consta que, de repente, o caboclo se arrependeu do que disse e que no dia seguinte choveu copiosamente no sertão encerrando a longa estiagem.
Conosco o tratamento tem sido idêntico. Se fosse um atraso de IPVA seríamos penalizados com multas severas e até impedidos de circular nosso veículo. Já o governo, pode tudo...
Por que a execução não resulta na reimplantação imediata do PISO sob pena de prisão dos agentes refratários?
REIMPLANTAÇÃO JÁ!!!

sexta-feira, 18 de maio de 2012

PROCURADORES: A AÇÃO PISO SALARIAL É UMA "QUESTÃO PESSOAL?" ATÉ ONDE VAI A DESFAÇATEZ DO GOVERNO DO ESTADO E DE SEUS VASSALOS?


EDIÇÃO DE HOJE, SÁBADO DIA 19 DE MAIO DE 2012

QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS

Leiam a movimentação mais recente na quarta vara. Parece que o sr. Croaci Aguiar, procurador, talvez movido por "razões pessoais",  se julga mais competente que seus pares da PGE que até agora perderam todos os recursos e aparece como "salvador da pátria". Veja  só o que anda fazendo o iluminado procurador:

Movimentação na quarta vara
16/05/2012
AUTOS ENTREGUES EM CARGA AO ADVOGADO DO RÉU: CROACI AGUIAR

Já tratamos aqui infinitas vezes da ação nefasta, inconsequente e leviana dos serviçais da PGE. Não se limitam apenas a recorrer de ofício. Carregam nas tintas, sofismam, tergiversam, assediam juízes, produzem textos mentirosos como o da Reclamação que nos tratava como “servidores temporários”. Ultimamente estão fabricando planilhas com valores superestrimados tentando convencer o TRT da impossibilidade de reimplantação do PIDSO SALARIAL.
As últimas atitudes revelam total insanidade e são movidas pelos sentimentos de subserviência e de medo dos gritos do patrão governador. Nas últimas tentativas de ludibriar magistrados e ministros perderam todas. Perderam no Supremo, três vezes consecutivas no TST, instrumentalizaram a as direções da UECE e da URCA e perderam. Em conluio com a UECE e a URCA a quem representaram perderam um agravo de petição.
Tentam ressuscitar um recurso já morto e arquivado no TST. Agora pedem carga e levam os autos da quarta vara para pesquisar alguma fresta onde possam ingressar com alguma petição. Esgotados os recursos de A a Z (embargos, agravos, reclamação) agora utilizam o nome de petição para protocolizar tais ingerências.
O sr. Croaci (é essa a grafia que consta na sua certidão de nascimento) Aguiar, que até então permanecia nas sombras, levou o processo para casa. Está chegando agora para pegar na alça do caixão no grande funeral da ação PISO SALARIAL. Parece até que para ele a questão PISO SALARIAL é uma questão pessoal.
Ao longo do tempo o Procurador Geral tem delegado tarefas a seus auxiliares. Foi assim quando mandou o procurador ajunto da época (2007) assinar o recurso enviado para o TRT  relatado pelo sr. Arízio de Castro que sentou sobre o processo durante quase dois anos até que a decisão corajosa e independente deu o golpe fulminante e tachou o governo do estado e seus serviçais de “litigantes de má fé”. O documento da lavra de tal procurador é de uma mediocridade de fazer vergonha e tem como foco central um ataque pessoal à digna juíza da quarta vara Dra. Milena Moreira. Infelizmente tal acervo de insanidades e leviandades foi acolhido pelo sr. Arízio de Castro.
Em Brasília a PGE mantém uma sucursal paga por nós contribuintes e um procurador que deve perceber um complemento salarial para fazer face ao elevado custo de vida na capital federal. Função do procurador de Brasília, sr. Othavio Cardoso Melo acompanhar processos dos Tribunais Superiores (TST, STF, etc). O aludido procurador ingressou na PGE há relativamente pouco tempo admitido em concurso público no qual se classificou em 17º lugar. Convém lembrar que o tal concurso só oferecia vinte vagas.
O TSE já fez uma advertência aos srs. Procuradores. Os últimos despachos das juízas Christiane Diógenes e Kaline Lewinter repreendem de maneira severa os procedimentos dessas figuras sinistras, os procuradores. Muitas de suas atitudes fazem parte de uma guerra psicológica suja de perdedores incompetentes e frustrados. Tratar a questão PISO SALARIAL como uma questão pessoal é uma afronta a nossa categoria. É o supra sumo da crueldade, uma paranoia. Advogados que insistem em nos perseguir por razões tão mesquinhas estão afrontando a justiça, negando o juramento proferido na colação de grau.
JURAMENTO
Juro, no exercício das funções de meu grau, acreditar no Direito como a melhor forma para a convivência humana, fazendo da justiça o meio de combater a violência e de socorrer os que dela precisarem, servindo a todo ser humano, sem distinção de classe social ou poder aquisitivo, buscando a paz como resultado final.
E, acima de tudo, juro defender a liberdade, pois sem ela não há Direito que sobreviva, justiça que se fortaleça e nem paz que se concretize.
Juro utilizar-me, no exercício da profissão de Advogado, dos princípios éticos e morais sobre os quais se fundamentam as leis e justiça, valendo-me deles para assegurar aos Homens os seus direitos fundamentais e inatacáveis.
Nota do blog:
Aguardem boas notícias para a próxima semana. Continuem visitando o blog.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

ATENÇÃO: REUNIÃO NA URCA AMANHÃ PARA INFORMAÇÕES SOBRE O PAGAMENTO DAS DIFERENÇAS.

EDIÇÃO DE HOJE, QUINTA FEIRA, DIA 17 DE MAIO DE 2012
QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS
A pedido da profa. Valdenide Bitu confirmamos com o prof. Boaventura a sua ida ao Crato amanhã para uma reunião com os contemplados do PISO.
A reunião será no auditório da Reitoria as 10:00 h.
Adiantou-nos o prof. Boaventura que tratará, na ocasião, da operacionalização do pagamento das diferenças de setembro e outubro de 2007.
Solicitamos aos visitantes do blog do Cariri que comuniquem a todos os interessados. É importante. Compareçam!!!

quarta-feira, 16 de maio de 2012

DESVARIO DA PGE: AGRAVO DE PETIÇÃO SOBRE RECURSO EXTRAORDINÁRIO JÁ ARQUIVADO


EDIÇÃO DE HOJE, QUARTA  FEIRA, DIA 16 DE MAIO DE 2012

QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS
No paroxismo do desespero,em mais uma demonstração de reles sadismo e de incompetência, a PGE (Procuradoria Geral do Estado) se superou em  insanidade. Perdeu o senso do ridículo. Acompanhe o site do TST:

Processo: RR - 39340-03.1992.5.07.0004
Numeração antiga: 


14/05/2012
Movimentação
:
Agravo em Recurso Extraordinário
Petição
:
11/05/2012
Movimentação
:
Processo baixado nesta data Recebido pelo TRT da 7ª Região (**)
10/05/2012
Movimentação
:
Remetido ao TRT de origem
Local
:
Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região
10/05/2012
Movimentação
:
Liberado ao e-Remessa
10/05/2012
Movimentação
:
Processo disponibilizado para baixa
10/05/2012
Movimentação
:
Certificado que não houve interposição de recurso até 07/05/12 (*)

Agora  veja os pormenores da tramitação do "agravo em recurso extraordinário" feito através da petição 674586/2012

Data
Local
Descrição
15/05/2012
Secretaria-Geral Judiciária 
Para exame
14/05/2012
Coordenadoria de Cadastramento Processual 
Registro

Vamos pensar um pouco:
1. No dia 10 de maio de maio de 2012 expirou o prazo para a interposição de recurso. O agravo é um tipo de recurso (*).
2. No dia 11de maio de 2012 foi dado baixa no processo e recebido pelo TRT da 7a. Região para ser arquivado (**).
Enfim perderam o prazo recursal e entraram com um recurso contra uma decisão já arquivada. 
3. Acrescente-se que nas três últimas tentativas no TST a PGE amargou 3 derrotas consecutivas em poucos  meses, recebeu mais uma vez a pecha de "litigante de má fé", foi apenada com multas duas vezes e não aprendeu ainda.

O que move a Procuradoria Geral do Estado (PGE)? Sadismo? Subserviência? Medo do chefe?

Uma demorada análise revela a prepotência de perdedores vaidosos e sádicos, feridos na sua vaidade. Subservientes ao irascível governador revelam também o medo de lhe contar a verdade, contando mentiras e acenando com a possibilidade (improvável) de deter a inexorável ação da justiça. As atitudes dos atores da PGE traduzem um comportamento doentio,que rasteja entre as fronteiras da incompetência, do cinismo e  da afronta às cortes de justiça. Em suma os srs. procuradores que já receberam um pito do TST e continuam afrontando as diversas cortes de justiça. 
Como fazer parar tantas afrontas?
Uma ação fulminante da justiça rejeitando liminarmente todos os recursos agora mascarados com o nome de "petição" na tentativa de enganar os magistrados e ministros e punindo exemplarmente esses insanos serviçais com multas severas pagas com seus proventos.
O problema é sério. Os reincidentes necessitam de um tratamento de choque e como se trata de um caso patológico, recomenda-se com urgência um tratamento psiquiátrico.

SOBRE NEGOCIAÇÃO

A propósito de rumores de iniciativas partidas de colegas que nos procuraram para conversar sobre negociação, cumpre-nos informar de maneira bem transparente. Somos contra a negociação na fase atual. Já fomos enganados uma vez pelo sr. Procurador que perdeu uma excelente oportunidade de encerrar a ação em 2007. O governo e seus serviçais não merecem nosso respeito e nossa confiança.

A premissa é: Como falar em negociação com inimigos declarados que nos agridem a cada momento?
Propor negociação com esse  governo prepotente é assinar a capitulação depois de uma vitória maiúscula no Supremo Tribunal Federal. 
Até agora, apesar de provocado, não há nenhuma manifestação oficial. E, em hipótese alguma, caberia a nós a iniciativa. 
Os vencedores não propõem negociação a perdedores. A iniciativa deve ser do governo, preenchidos os requisitos já mencionados. O  principal deles é a imediata reimplantação do PISO na folha de pagamento, na nos nossos contracheques e nas nossas contas oficiais.. Não podemos rastejar. Não podemos sequer dialogar com aqueles que continuam nos agredindo e agredindo as instâncias da justiça. Ao governo só interessa  um tipo de negociação: aquela em que ele entra com a corda e nós com o pescoço



carente de um tratamento psiquiático












terça-feira, 15 de maio de 2012

ANDAMENTOS NO TRT: ESCOLHIDA NOVA RELATORA


2a. EDIÇÃO DE HOJE, TERÇA FEIRA, DIA 15 DE MAIO DE 2012

QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS

1. Informa o site do  Tribunal Regional do Trabalho (TRT) que, por sorteio, foi escolhida como relatora da petição interposta pela PGE a Desembargadora Dulcina Palhano.
Confiantes no senso de justiça da douta magistrada aguardaremos o seu parecer com tranquilidade. As forças do mal não prevalecerão contra nós. Vejam o que consta no site do TRT:
15/05/2012
CONCLUSOS PARA - JULGAMENTO - (RELATAR)
15/05/2012
RECEBIDOS OS AUTOS - DE ADF EM 15/05/2012 14:10 P/ GLAUTER NEPOMUCENO DOS SANTOS
15/05/2012
REMETIDOS OS AUTOS DA DISTRIBUIÇÃO P/GAB DES DULCINA PALHANO - RELATÓRIO


2.Entramos em contato hoje com o prof. Luis Boaventura, presidente do SINDESP que nos informou estar cuidando, junto com a profa. Eroneide, dos interesses dos excluídos e também das pensionistas.
Este blog vai continuar cobrando as providências cabíveis para acelerar o processo de reembolso das categorias mencionadas.
3.O Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho, que substitui o Diário Oficial impresso, publica na data de 09 de maio de 2012 uma notificação aos advogados de ambas as partes que é o teor completo do mais recente despacho da dra. Kaline Lewinter já publicado neste blog.
4.A defesa está atenta. Por enquanto não há motivo para sobressaltos. Tudo indica que a jornada de sofrimento está nos seus estertores. "C'est fini". Morreu! Acabou!
5.Quanto à possibilidade de "negociação" estaremos tecendo comentários na madrugada de amanhã. 
Uma coisa é certa: Sem a reimplantação do PISO SALARIAL em folha, nos contracheques e sem o dinheiro na nossa conta oficial, nada feito.
 Nada temos a perder e nem a temer!!!