JULGAMENTO HISTÓRICO NO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL EM 01.12.2011

CLIQUE NOS LINKS PARA ASSISTIR O JULGAMENTO HISTÓRICO DE 01.12.2011

ESTAMOS DISPONIBILIZANDO OS LINKS DO YOU TUBE ENVIADOS PELO PROF. MANOEL AZEVEDO. É SÓ CLICAR E VERÁ OS VÁRIOS MOMENTOS DAQUELE HISTÓRICO JULGAMENTO.

Abaixo, respectivamente, estão os endereços no youtube das partes 1 de 5, 2 de 5, 3 de 5, 4 de 5 e 5 de 5 do vídeo do julgamento histórico no STF.

http://www.youtube.com/watch?v=w4DHkYcKpoo
http://www.youtube.com/watch?v=rRE6L0fu4Ks
http://www.youtube.com/watch?v=gQzH1FNS5Sg
http://www.youtube.com/watch?v=8FqTJqKrjww
http://www.youtube.com/watch?v=z1UKoALstcI

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

DA SÉRIE VOCÊ SABIA? O PAI DO GOVERNADOR CID GOMES ERA PROFESSOR DA UVA.

EDIÇÃO DE HOJE, DIA 31 DE JANEIRO DE 2012

dr. Euclides Ferreira Gomes
 Junior, prof. da UVA
QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS
Lendo a relação de professores da Universidade vale do Acaraú constante no processo, encontramos o nome do Dr. José Euclides Ferreira Gomes Júnior, pai do atual governador do estado, um de nossos mais cruéis algozes. 
Leiamos a matéria abaixo

José Euclides Ferreira Gomes Júnior, nasceu na cidade de Sobral - Ceará, em 29 de março de 1918. Era o sexto filho do Coronel José Euclides Ferreira Gomes e Dona Carmosina Pimentel Ferreira Gomes. Estudou no Ginásio Sobralense, e partiu para o Sul do país, onde formou-se em Geografia, História e Direito. Foi professor catedrático nas disciplinas de Sociologia, Antropologia e História, em São Paulo e na Faculdade de Filosofia Dom José - da Universidade Estadual Vale do Acaraú-UVA.
Casou-se em 27 de janeiro de 1957 em Pindamonhangaba - São Paulo, com Maria José Santos Ferreira Gomes, com quem teve cinco filhos: Ciro Ferreira Gomes, advogado, político de expressão nacional; Lúcio Ferreira Gomes, engenheiro civil, casado, Cid Ferreira Gomes, engenheiro civil, Prefeito Municipal de Sobral; Lia Ferreira Gomes, médica, e Ivo Ferreira Gomes, advogado e Chefe do Gabinete do Prefeito de Sobral.
Voltou ao Ceará no início da década de 60, objetivando contribuir com o crescimento e o desenvolvimento de Sobral.
Foi defensor público, e militou até seus últimos dias, usando a tribuna como arma em defesa dos mais carentes.
Homem forte, culto, determinado, honesto por excelência, chefe de família exemplar, caráter ilibado, honrado e probo, foi militante político, mantendo a característica herdada do seu avô, José Ferreira Gomes - 1º Prefeito de Sobral (após a Proclamação da República) e de seu pai, José Euclides Ferreira Gomes, que fora vereador e presidente da Câmara Municipal de Sobral, posição esta que o conduziu ao cargo de prefeito interino da cidade e deputado estadual classista. José Euclides foi prefeito de Sobral no período de 1977 a 1982, eleito à época, Melhor Prefeito de Sobral. Sua administração foi modelar, assinalando uma fase de crescimento do município com adoção de medidas modernas, sérias e de alcance do cidadão. Ele deu exemplo de probidade e seriedade, no trato com a gestão pública, para toda a região. Seu exemplo serviu de modelo para seus filhos e aliados políticos, que até hoje trabalham em prol da melhoria da qualidade de vida do povo.
Uma frase que o identica: " A melhor política é trabalhar pelo povo, com simplicidade, eficiência e probidade".
José Euclides Ferreira Gomes Júnior faleceu em Sobral no dia 27 de junho de 1996, aos 78 anos.
Obs do blog: Dá para entender como um governador, filho de professor de universidade estadual odeia tanto os professores universitários e do ensino médio?

DOCUMENTO: A PROCURAÇÃO DADA PELO SINDESP À DRA. GLAYDDES SINDEAUX

EDIÇÃO DE HOJE, DIA 31 DE JANEIRO DE 2012
QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS
O processo de liquidação é demorado porque requer a alimentação de um banco de dados completo e cálculos individuais. Cada professor tem uma situação específica quanto aos proventos e  gratificações que fazem a diferença. Além do mais a última liquidação data de 2007 e de lá para cá houve algumas alterações de salário, através de aumentos, como a última de 7% publicada no DOE de 30.12.2011 e que passará a viger este mês de janeiro e também por causa de promoções por mérito,sem falar nos falecimentos no período.
Enquanto a execução não começa, estaremos esclarecendo alguns fatos e publicando documentos do interesse da categoria, alguns documentos históricos extraídos dos autos do processo.
O primeiro é a procuração do SINDESP, de 1991, para a Dra. Glayddes Sindeaux assinada pelo seu presidente á época prof. Francisco Pessoa Furtado.
Esta procuração deixa claro que a causa é do SINDESP e não de cada um em particular e que a advogada não pode ser substituída durante o desenrolar da ação.
Clique na imagem para ampliá-la!!!
Vejam as nossas estatísticas:

Visualizações de página de hoje
45
Visualizações de página de ontem
438
Visualizações de página do mês passado
9.859
Histórico de todas as visualizações de página
131.687

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

RELEMBRANDO A LIÇÃO DO SAPINHO SURDO

EDIÇÃO DE HOJE, SEXTA FEIRA, DIA 27 DE JANEIRO DE 2012
QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS
Há algum tempo publicamos aqui uma interessante historinha de competição entre sapos. Vamos reeditá-la na versão do amigo Ruchen:

A lição do sapinho 

  

Era uma vez um grupo de sapinhos... 

... que organizaram uma competição. 

O objetivo era alcançar o topo de uma torre muito alta. 
Uma multidão se juntou em volta da torre para ver a corrida e animar os competidores... 
A corrida começou... 
Sinceramente: 
Ninguém naquela multidão toda realmente acreditava que sapinhos tão pequenos pudessem chegar ao topo da torre. 
E diziam coisas como: 
''Oh, é dificil DEMAIS!! 
Eles NUNCA vão chegar ao topo. '' 
ou: 
''Eles não tem nenhuma chance... A torre é muito alta!'' 
Os sapinhos começaram a cair...
Um a um... 
Só alguns continuaram a subir mais e mais alto... 
A multidão continuava a gritar: 
''É muito difícil!!! Ninguém vai conseguir!'' 
Alguns sapinhos se cansaram e desistiram... 
Mas um continuou a subir e a subir... 
Este não desistia!  
No final, todos os sapinhos tinham desistido de subir a torre, com exceção do sapinho que, depois de um grande esforço, 
foi o único a atingir o topo! 
Todos os outros sapinhos queriam saber... 
Como ele conseguiu? 
Um dos sapinhos perguntou ao campeão como ele conseguiu forças para atingir o objetivo.

E o resultado foi...
O sapinho campeão era surdo!!! 
Moral da história: 
Nunca dê ouvidos a pessoas com tendências negativas ou pessimistas... 
Porque eles tiram de você, seus sonhos e desejos mais lindos. 
Nota do blog: é por imitar o sapinhos surdo e não escutar os derrotistas que já estamos no sexto ano de existência batendo recordes de audiência depois de mais de mil edições. Esta, por exemplo, é a edição de número 1006. 

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

NOTA DE ESCLARECIMENTO

EDIÇÃO DE HOJE, QUINTA FEIRA, DIA 26 DE JANEIRO DE 2012
QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS
O jornal O POVO publicou no dia de ontem a matéria paga postada ao lado.
De um colega anônimo recebemos o seguinte comentário já publicado no post anterior:

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "EDIÇÃO DE HOJE, 25 DE JANEIRO DE 2012 QUERIDOS AMI...": 



A Comissão de implantação do piso salarial publicou nota no jornal de hoje dia 25/01/12, sobre o andamento das atividades.

O ideal seria a concentração de meios e não a dispersão.

Seria o caso de um contato do Blogger com a Comissão? 


Nota do blog: No dia 13 de janeiro de 2012 às 14 horas, na sede social da APESC, estivemos eu, o prof. Arnoldo, o prof. Pedro Jorge, o prof. Gilberto Leitão reunidos com três dos cinco membros da Comissão de Acompanhamento do Piso que agora está sendo chamada de Comissão de Reimplantação do Piso.
Nossa ida até lá se deveu a um agendamento feito pelo prof. Gilberto Leitão sem que nosso grupo tivesse decidido por essa iniciativa. Mesmo assim o encontro transcorreu em clima de cordialidade. Na ocasião colocamos o blog PISO SALARIAL AGORA à disposição para veicular informações que fossem importantes para a categoria acompanhar o desenrolar das ações na quarta vara. Fica claro que a iniciativa de procurar a comissão não foi nossa, do prof Telmo e que lá não fomos mendigar informações e nem por tapete vermelho para quem quer que seja como foi dito em um comentário virulento postado nesse blog. Explicamos que tínhamos que somar esforços, cultivar a concórdia. Novo comentário, que não foi publicado, nos lançava na vala comum dos que praticavam a hipocrisia. Mas a pessoa que assim escreveu desconhece fatos que nós conhecemos e atira contra pessoas que, de maneira discreta e eficiente, nos ajudaram em todos os momentos de nossa luta. Não publicamos o comentário porque era vazado em linguagem chula e trazia ofensas pessoais. E o mais grave: não dava para identificar seu autor que se escondeu sob o codinome de prof. José.
Nossos comentários e nossas opiniões sempre foram identificadas. Jamais nos ocultamos atrás do biombo do anonimato. Comentários ofensivos à honra das pessoas, com linguagem chula e erros crassos de língua portuguesa só serão publicados se seus autores forem devidamente identificados e arcarem com as consequências.
Mas, voltando a tratar da nota do SINDESP publicada ontem, cabe-nos informar que a Comissão de Acompanhamento que agora se autointitula Comissão de Reimplantação do Piso (como se tivesse poderes para tanto já que o cenário é uma vara de justiça) não nos deu nenhuma informação. Se dispensou nossos serviços é porque acredita que somos descartáveis e que o jornal O POVO, que publica anúncios com preços exorbitantes, seja um melhor veículo de comunicação que o blog, visto que deve ter um alcance extraordinário na Rússia, em Portugal, nos Estados Unidos, etc.
Quanto custou tal anúncio? Fácil de saber. Com certeza não foi uma cortesia daquele periódico.
A nota não traz nenhuma novidade. Sobre o julgamento, colocamos ao alcance de todos  a transmissão do mesmo em todos os seus pormenores. Publicamos também a ata do julgamento de vez que o acórdão ainda não foi disponibilizado. Sobre os cálculos temos informado também. Falamos aqui de liquidação que antecede a execução e cujo significado já foi explicado pela Dra. Glayddes Sindeaux. É o óbvio de vez que nenhum juiz vai providenciar uma execução no abstrato.
Estamos no ano VI do blog com mais de mil postagens e estatísticas confortadoras. Não estamos e nunca estaremos utilizando qualquer meio para plataforma eleitoral. Nunca nos interessou assumir o SINDESP. Jamais nos interessará. Depois da reimplantação, que esperamos aconteça logo, vamos pendurar nossas chuteiras e cuidar de nossa vida particular como até agora não pudemos fazê-lo.
No entanto, cabe-nos informar a todos que, independente de sonegação de informações da parte da Comissão, estamos muito bem informado, temos fontes seguras. Não socializamos algumas informações para não entregar o ouro aos bandidos estejam onde estiverem.
Tão logo seja protocolada a execução daremos a notícia. Nunca praticamos e nem praticaremos o "silêncio obsequioso" porque nosso único compromisso é com a verdade. Sem ódio e também sem medo. Sem medo de ninguém!
Queremos a concórdia. Não estamos disputando espaços políticos. Mas, não podemos silenciar diante de absurdos como aqueles que são praticados em nome de interesses eleitoreiros. 
Grande abraço
Obs. Vamos continuar nosso papel de franco atirador. Não precisamos de nenhuma investidura para cumprir nosso dever e nem pediremos licença a ninguém para continuar lutando sem ódio e sem medo.
Vejam agora nossa audiência internacional de 19 a 26 de janeiro de 2012:

Visualizações de página por país
Brasil
2.309
Rússia
20
Paraguai
17
Estados Unidos
15
Alemanha
9
Ucrânia
8
Portugal
4
Itália
2
Moldávia
1
Nicarágua
1

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

EDIÇÃO DE HOJE, 25 DE JANEIRO DE 2012

QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS
Alguns acontecimentos envolvendo magistrados nos deixam estarrecidos. Na revista semanal Época há uma reportagem sobre um desembargador e seus cúmplices na venda de sentenças. E os casos se multiplicam em todo o território nacional. É por esse motivo que a categoria solicitou e obteve no Supremo a paralisação das atividades investigativas do Conselho Nacional de Justiça. Uma grande vergonha nacional. Levam mais de quinze anos para decidir sobre uma questão legítima que é nosso PISO SALARIAL e em minutos concedem uma liminar para blindar juízes e desembargadores corruptos.
Leiamos a matéria que nos foi enviada pela colega Zaneir:
ESTAREMOS PERDIDOS SE VOCÊ FOR UM ACOMODADO!  


A  CORRUPÇÃO NA JUSTIÇA -
O Estado de S. Paulo - 11/08/2011


Elaborado com base nas inspeções feitas pela Corregedoria Nacional de Justiça e divulgado pelo jornal Valor, o relatório do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre as irregularidades cometidas pela magistratura nas diferentes instâncias e braços especializados do Judiciário mostra que a instituição pouco difere do Executivo em matéria de apropriação indébita e malversação de dinheiro público, de mordomia, nepotismo e fisiologismo, de corrupção, enfim as maracutaias são tantas que é praticamente impossível identificar o tribunal com os problemas mais graves. Em quase todos, os corregedores do CNJ constataram centenas de casos de desvio de conduta, fraude e estelionato, tais como negociação de sentenças, venda de liminares, manipulação na distribuição de processos, grilagem de terras, favorecimento na liberação de precatórios, contratos ilegais e malversação de dinheiro público. No Pará, o CNJ detectou a contratação de bufês para festas de confraternização de juízes pagas com dinheiro do contribuinte. No Espírito Santo, foram descobertos a contratação de um serviço de degustação de cafés finos e o pagamento de 13.º salário a servidores judiciais exonerados. Na Paraíba e em Pernambuco, foram encontradas associações de mulheres de desembargadores explorando serviços de estacionamento em fóruns. Ainda em Pernambuco, o CNJ constatou 384 servidores contratados sem concurso público - quase todos lotados nos gabinetes dos desembargadores. No Ceará, o Tribunal de Justiça foi ainda mais longe, contratando advogados para ajudar os desembargadores a prolatar sentenças. No Maranhão, 7 dos 9 juízes que atuavam nas varas cíveis de São Luís foram afastados, depois de terem sido acusados de favorecer quadrilhas especializadas em golpes contra bancos. Entre as entidades ligadas a magistrados que gerenciam recursos da corporação e serviços na Justiça, as situações mais críticas foram encontradas nos Tribunais de Justiça da Bahia e de Mato Grosso e no Distrito Federal, onde foi desmontado um esquema fraudulento de obtenção de empréstimos bancários criado pela Associação dos Juízes Federais da 1.ª Região. Em alguns Estados do Nordeste, a Justiça local negociou com a Assembleia Legislativa a aprovação de vantagens funcionais que haviam sido proibidas pelo CNJ. Em Alagoas, foi constatado o pagamento em dobro para um cidadão que recebia como contratado por uma empresa terceirizada para prestar serviços no mesmo tribunal em que atuava como servidor. O balanço das fiscalizações feitas pela Corregedoria Nacional de Justiça é uma resposta aos setores da magistratura que mais se opuseram à criação do CNJ, há seis anos. Esses setores alegavam que o controle externo do Judiciário comprometeria a independência da instituição e que as inspeções do CNJ seriam desnecessárias, pois repetiriam o que já vinha sendo feito pelas corregedorias judiciais. A profusão de irregularidades constatadas pela Corregedoria Nacional de Justiça evidenciou a inépcia das corregedorias, em cujo âmbito o interesse corporativo costuma prevalecer sobre o interesse público. Por isso, é no mínimo discutível a tese do presidente do STF, Cezar Peluso, de que o CNJ não pode substituir o trabalho das corregedorias e de que juízes acusados de desvio de conduta devem ser investigados sob sigilo, para que sua dignidade seja preservada. "Se o réu a gente tem de tratar bem, por que os juízes têm de sofrer um processo de exposição pública maior que os outros? Se a punição foi aplicada de um modo reservado, apurada sem estardalhaço, o que interessa para a sociedade?", disse Peluso ao Valor.

Além de se esquecer de que juízes exercem função pública e de que não estão acima dos demais brasileiros, ao enfatizar a importância das corregedorias judiciais, o presidente do STF relega para segundo plano a triste tradição de incompetência e corporativismo que as caracteriza. Se fossem isentas e eficientes, o controle externo da Justiça não teria sido criado e os casos de corrupção não teriam atingido o nível alarmante evidenciado pelo balanço da Corregedoria Nacional de Justiça.
O Estado de S. Paulo - 11/08/2011

SE A JUSTIÇA NÃO MERECE RESPEITO O QUE MAIS FALTA PARA O PAÍS AFUNDAR?.

 O EXECUTIVO ROUBA EM COLUIO COM O CONGRESSO, E A JUSTIÇA NÃO JULGA.


terça-feira, 24 de janeiro de 2012

UTILIDADE PÚBLICA: Curso “A universidade moderna: modelos, desafios, pesquisa e produção científica”

EDIÇÃO DE HOJE,.TERÇA FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2012

ANO VI POSTAGEM 1003
QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS
Atendendo solicitação de uma amiga mui especial nossa colega de sofrimento, vamos publicar no blog uma informação de utilidade pública.

 Curso “A universidade moderna: modelos, desafios,
     pesquisa e produção científica”

Local:  FAE/UFMG                 Data: 02 de abril a 05 de maio de 2012

Projeto da Escola de Altos Estudos da CAPES e do Programa de Pós-Graduaçaõ da FAE/UFMG, em parceria com a UnB e a UFAC
                           
Coordenação: Profa. Lucíola Santos       Email:      luciolaufmg@yahoo.com.br 

1.  Objetivos: (a) discutir criticamente os desafios atuais que perpassam pelos
sistemas universitários na sociedade do conhecimento; (b) mostrar e demonstrar, com atividades práticas, como passar do pesquisar e do refletir para o escrever, e do escrever para o publicar.

2. Ementa: A formação e o desenvolvimento dos sistemas universitários; modelos de universidade -  suas relações com grupos de poder, e suas mudanças e transformações; economia do conhecimento - classificações e rankings; a nova gestão pública e sua repercussão na universidade; novas formas de se trabalhar no campo da educação comparada; responsabilidade social e ética da universidade; a importância da produção acadêmica; como superar a síndrome do papel em branco; trabalhos práticos de elaboração de texto; princípios e critérios da boa publicação e a escolha do periódico.

3. Através do curso, pretende-se criar oportunidades para 
  • oferecer subsídios à discussão sobre as transformações dos sistemas universitários
  • desenvolver a reflexão crítica sobre o sistema universitário brasileiro, e consolidar o pensamento crítico
  • discutir e aplicar táticas e estratégias para desenvolver e melhorar a produção escrita tendo em vista a publicação de artigos e livros científicos no Brasil e nos grandes centros acadêmicos de excelência
·        desenvolver instrumentos de fomento do intercâmbio acadêmico internacional
·        desenvolver e consolidar os programas de pós-graduação e de pesquisa.

4. O curso será ministrado por Robert Cowen, Professor Emérito da Universidade de Londres, Instituto de Educação e Pesquisador Sênior da Universidade de Oxford. 
Professor Robert Cowen é um acadêmico e pesquisador de renome internacional por ser um dos maiores especialistas contemporâneos em educação comparada e políticas de ensino superior.  Tem sido Professor Visitante em universidades de prestígio em cerca de 30 países dos diferentes continentes, e conferencista principal em congressos internacionais de grande tradição  acadêmica. Tem ainda liderado projetos como Consultor para a UNESCO,  o British Council e o Banco Mundial.  Foi também consultor em projetos de avaliação da pós-graduação da CAPES. Sua produção acadêmica é muita extensa. É ainda membro de Conselhos Editoriais de periódicos internacionais de excelência. É considerado um orientador de dissertações e teses de alta competência.
5.  O curso destina-se, preferencialmente, a professores e alunos da pós-graduação da área de educação da FAE/UFMG, UnB e UFAC e professores de universidades e instituições de ensino superior públicas e privadas.

6. Duração e período: o curso terá a duração de 5 semanas, de 03 de abril  a 02 de maio de 2012.

7. Formato, vagas e atividades: o curso será nas modalidades presencial (30 vagas) e a distância via teleconferência (60 vagas), com atividades on-line. Nas terças e quartas pela manhã serão realizadas as palestras, seguidas de seminários. Haverá tradução simultânea.Outras atividades incluem discussão em grupos e reuniões individuais.

8. Serão atribuídos 03 créditos, equivalentes aos das disciplinas dos cursos de mestrado e doutorado em Educação da UFMG aos aprovados na avaliação final. Aqueles que optarem pela pela não-avaliação, receberão um certificado de participação.

9. Inscrição e seleção: os candidatos deverão se inscrever na sua instituição que deverá encaminhar à Professora Lucíola Santos, por email,   luciolaufmg@yahoo.com.br , uma lista com o nome de cada interessado, email, sumário de currículo e um parágrafo dizendo a razão do interesse no curso, até 29 de fevereiro. Na primeira semana de março será feita a seleção dos estudantes e lhes será enviado um boleto bancário (exigido pela UFMG) para a inscrição em disciplina isolada.

AINDA AS DECLARAÇÕES DO IRMÃO DO (SUMIDO) GOVERNADOR

EDIÇÃO DE HOJE, TERÇA FEIRA, DIA 24 DE JANEIRO DE 2012
QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS
Esta é a milésima segunda postagem do blog. Conseguimos chegar até aqui. Ufa!!!
Ainda repercutem as declarações do sr. Gomes ao se referir à recente greve dos policiais militares e bombeiros do Ceará.Para aqueles que insistem em nos cobrar comentários e aqueles que não acreditam vamos publicar o vídeo, sem comentários. Aliás, comentar o quê? O vídeo, de per si, já diz tudo. É impressionante. 
Quanto à preparação da liquidação para a execução, está prosseguindo sem açodamentos. Logo que possível será efetivada e com certeza todos tomarão conhecimento. Espere um pouco, um pouquinho mais...
Por enquanto é tudo que podemos afirmar. Nada mais podemos adiantar no momento. Continuem ligados no blog. Vamos manter a todos bem informados sobre todo o processo de execução.
Vejam as nossas estatísticas. Estamos às 22:55 h, mas o blog é internacional. Os dados de ontem correspondem ainda ao dia de hoje (24) e os de hoje correspondem ao dia de amanhã (25)

Visualizações de página de hoje
47
Visualizações de página de ontem
468
Visualizações de página do mês passado
8.576
Histórico de todas as visualizações de página
129.430
Graças a vocês, logo logo estaremos atingindo a marca de 130.000 visitas.
Grande abraço

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

ATENDENDO A PEDIDOS AS DECLARAÇÕES DE CIRO GOMES AO COMENTAR A GREVE DOS POLICIAIS MILITARES E BOMBEIROS. E TEM MAIS: AQUILO QUE A IMPRENSA SUBSERVIENTE NÃO PUBLICA SOBRE A INTERVENÇÃO FEDERAL NO CEARÁ!!!

DELIRA, CID, DELIRA



EDIÇÃO DE HOJE, SEGUNDA FEIRA, DIA 23 DE JANEIRO DE 2011
QUERIDOS AMIGOS, QUERIDAS AMIGAS
Alguns colegas solicitaram a socialização da fala recente do ex-governador Ciro Gomes ao comentar o movimento paredista dos policiais militares e bombeiros do estado do Ceará.

SÁBADO, 21 DE JANEIRO DE 2012


SAIU NO "O POVO": CIRO CHAMA POLICIAIS DE BANDIDOS E MARGINAIS E PODE SER PROCESSADO.


O irmão do governador Cid Gomes (PSB) foi duro nas críticas contra os policiais militares que aderiram à paralisação encerrada no último dia 3 e disse que o chefe do Executivo foi coagido a ceder às reivindicações. Indignadas, associações da PM ameaçam processar o ex-governador.

Associações de policiais militares envolvidas na greve da categoria se reúnem na próxima segunda-feira para avaliar a possibilidade de processar o ex-governador Ciro Gomes (PSB). Trata-se de reação às críticas feitas por Ciro na última quinta-feira, quando ele chamou de “marginais fardados” os PMs e bombeiros que decidiram pela paralisação.


“Esses marginais fardados, covardes que são, usaram como escudo crianças e mulheres, e o (governador) Cid (Gomes, do PSB) tomou uma decisão que qualquer pessoa pode condenar, mas que é decisão duríssima de tomar. Ele preferiu ceder a carregar na consciência o cadáver de uma criança”. disse Ciro, que é irmão do governador, em entrevista veiculada ontem pela TV Diário.

A greve da PM e dos bombeiros foi deflagrada no fim de dezembro do ano passado e terminou no último 3 de janeiro. “Cid tinha de decidir se ia reprimir ou se ia engolir esses abusos, para não correr o risco de carregar na consciência a morte de uma criança ou mulher”, afirmou Ciro, em referência à participação de esposas e filhos de policiais na mobilização.

Ao O POVO, o presidente Associação dos Praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros (Aspramece), Pedro Queiroz, disse que a categoria está “chocada e magoada com as agressões sem precedentes do polêmico político”. A Aspramece, a Associação de Cabos e Soldados e a Associação dos Profissionais de Segurança pretendem entrar com ação judicial de reparação de danos morais.

Queiroz acredita, contudo, que as críticas do irmão de Cid não afetarão a relação com o governo, nem devem arranhar o processo de negociação, a ser retomado nos próximos dias.

Fonte: O POVO ONLINE
                                                                                                               
Comentário do blog: O que Ciro e nem a imprensa local divulgam é que durante a greve dos policiais houve uma intervenção do governo federal no Ceará através da Força Nacional  de Segurança e do Exército. Todas as questões relacionadas à segurança pública ficaram sob o comando do general Gomes de Mattos Filho que, de maneira equilibrada, evitou o confronto embora instigado por alguns jornalistas que gostariam de escrever suas matérias com sangue.Isto explica o motivo do sumiço do sr. Governador, do Secretário de Segurança Pública e do Comandante Geral da PM. Aliás, depois da greve os dois últimos ainda não submergiram e continuam mudos. Tem sido deprimente para o governador, loquaz, fanfarrão e boquirroto ficar escondido no seu bunker, calado durante mais de duas semanas. Só apareceu uma vez usando o Ronaldo Fenômeno como escudo.

Leia a notícia abaixo do site da 10a. Região Militar
A partir de 31 de dezembro de 2011, em função de um movimento paredista de uma parcela do efetivo da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros Militares e posteriormente da Polícia Civil do Estado do Ceará, foi iniciada a OPERAÇÃO CEARÁ, com a participação de integrantes das Forças Armadas e da Força Nacional. 

Os planejamentos e as ações executadas buscam garantir a lei e a ordem no Estado do Ceará, sendo pautados nos valores e princípios que norteiam o Exército Brasileiro; na Hierarquia e Disciplina; no cumprimento da missão estipulada pela Presidente da República
; na legalidade; no preparo do pessoal; na manutenção dos laços históricos de cooperação com os órgãos de segurança pública do Ceará; na interação com outros poderes públicos constituídos e instituições e no incentivo ao diálogo como melhor solução
Pergunta do blog: Isto é ou não intervenção federal?

Obtenha mais informações através do link a seguir:
Notas Oficiais e videos emitidos pelo Comando da 10ª Região Militar