JULGAMENTO HISTÓRICO NO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL EM 01.12.2011

CLIQUE NOS LINKS PARA ASSISTIR O JULGAMENTO HISTÓRICO DE 01.12.2011

ESTAMOS DISPONIBILIZANDO OS LINKS DO YOU TUBE ENVIADOS PELO PROF. MANOEL AZEVEDO. É SÓ CLICAR E VERÁ OS VÁRIOS MOMENTOS DAQUELE HISTÓRICO JULGAMENTO.

Abaixo, respectivamente, estão os endereços no youtube das partes 1 de 5, 2 de 5, 3 de 5, 4 de 5 e 5 de 5 do vídeo do julgamento histórico no STF.

http://www.youtube.com/watch?v=w4DHkYcKpoo
http://www.youtube.com/watch?v=rRE6L0fu4Ks
http://www.youtube.com/watch?v=gQzH1FNS5Sg
http://www.youtube.com/watch?v=8FqTJqKrjww
http://www.youtube.com/watch?v=z1UKoALstcI

terça-feira, 1 de agosto de 2017

NOTÍCIAS DO SINDESP: PUBLICADO O NOVO ESTATUTO, REFORMA DA SEDE DO SINDESP FORTALEZA, APROPRIAÇÃO DA SEDE DO SINDESP CARIRI,

EDIÇÃO DE HOJE, SEGUNDA-FEIRA, DIA 31 DE JULHO DE 2017
CARÍSSIMOS AMIGOS, CARÍSSIMAS AMIGAS

A REFORMA DA SEDE DE FORTALEZA

Encontramos os prédios da sede do SINDESP destelhados. No período de chuvas aconteceu a infiltração nas lajes e teve como outras consequências a destruição do reboco do teto e das paredes e o comprometimento da rede elétrica.

ENCONTRAMOS O SINDESP ASSIM ...



ÁREA INTERNA DO SINDESP
PORTÃO DA RUA JUSTA DE ARAÚJO

A LAJE DO SINDESP SEM TELHADO

ÁREA INTERNA ALAGADA


REBOCO DO TETO COMPROMETIDO

Foram contratadas as obras em três etapas:

1. Recuperação do telhado com madeiramento de boa qualidade porque o antigo estava semi-destruído pelo cupim. Algumas telhas antigas foram aproveitadas. O pé direito do prédio foi levantado em cerca de 2 metros e foi construída uma calha para escoamento da água da chuva, vedada com manta asfáltica para evitar vazamento e infiltração na laje.

A RECUPERAÇÃO COMEÇOU POR AQUI...

ALVENARIA - ELEVAÇÃO DO PÉ DIREITO MAIS DE 2 METROS 


MADEIRAMENTO NOVO SEM CUPIM

TELHADO RECUPERADO

INSTALAÇÃO ELÉTRICA

PORTAS NOVAS
2. Recuperação da rede elétrica com a substituição de dutos, tomadas, caixas de entrada, interruptores e luminárias Substituição, por material de melhor qualidade, de quase todas as portas destruídas pela corrosão e pela ação dos cupins. Substituição por esquadria de alumínio de duas janelas semi-destruídas pela corrosão e pela ação dos cupins.

3. Pintura interna e externa do prédio, recuperação do muro que estava danificado por um caminhão e ameaçava cair e do portão da Rua Dr. Justa de Araújo e, finalmente, a remoção de cerca de 52,8 toneladas da entulho (11 caçambas de 3 metros cúbicos). Em caso de dúvida clique no link acima. Foi usada ainda uma caçamba para levar a poda das árvores.
O entulho foi o legado de uma administração temerária.
Apenas um dos prédios foi recuperado. A recuperação do outro prédio carece de um projeto compatível com a sua destinação e não é emergencial. Todo o andar superior foi demolido e somente uma parte do prédio foi coberta.

HOJE O SINDESP ESTÁ ASSIM ...

FACHADA DO PRÉDIO PRINCIPAL
PORTÃO DE ENTRADA PELA RUA DR. JUSTA DE ARAÚJO

 Caros amigos, caras amigas

A recuperação de nossa sede está quase concluída depois de alguns longos meses. 
Os trabalhos foram executados cotejando-se  normas estabelecidas pela lei 8666/93 que prevê a dispensa de licitação em casos de emergência (artigo 24 -IV). A emergência foi ocasionada pelas chuvas que causaram infiltrações nas lajes e comprometeram as instalações elétricas.
Para maior garantia foi utilizado, a nível de comparação, o gabarito da SEINFRA que norteia as licitações e serve de parâmetro das mesmas. Em caso de dúvida clique no link.
A construtora foi localizada no cadastro da Comissão Central de Licitação do Estado até porque precisávamos ter a garantia da idoneidade e da competência técnica da mesma. E a obra foi supervisionada pelo engenheiro Oto Soares que nos entregará relatório circunstanciado após a conclusão dos trabalhos
Todos os contratos estão registrados no Cartório Melo Junior e as despesas foram em grande parte, faltando os meses de junho e julho, analisadas pela maioria dos membros do Conselho Fiscal.

PRESTAÇÃO DE CONTAS

Em sessão realizada na quinta-feira, dia 20 de julho na sede provisória do SINDESP, a partir da 15:00 h, o Conselho Fiscal, por maioria de seus membros e obedecendo o quorum previsto, emitiu parecer favorável à aprovação das contas referentes aos meses de janeiro, fevereiro, março, abril e maio de 2017. Informamos que as mencionadas contas, atenderam a determinação da meritíssima juíza da 10ª Vara da Justiça do Trabalho e já se encontram pacificadas por aquele juízo.
Estamos providenciando a digitalização dos balancetes para enviar através de e-mails para os colegas que têm cadastro.

RECUPERAÇÃO DA SEDE DO SINDESP NO CRATO

Como é do conhecimento de muitos, através de uma negociação pacífica, com a nossa participação e ainda com a presença da professora Vanda, do professor Nelson Arruda, do Dr. Júlio Sampaio, do da presidente da FUNCAR, Albacélia e da professora Ladislau, foi revogado o comodato que cedia a sede do SINDESP por 30 anos à Fundação Cariri (FUNCAR). 
Dentro do prazo estabelecido pelas partes a sede foi entregue à professora Vanda Cidade Nuvens Silveira, Vice-presidente Regional do SINDESP  no Crato. De imediato a professora Vanda, e o professor Rogério Wayne providenciaram a aquisição de mobiliário, de splits, ainda a pintura do prédio e a inscrição do nome SINDESP na fachada do mesmo. Acrescente-se que todas as providências adotadas não acarretaram nenhum dispêndio do caixa do SINDESP. A receita foi gerada no Crato durante a EXPOCRATO com o aluguel do estacionamento e a pintura de propaganda no muro do estacionamento.
Doravante a sede do SINDESP no Cariri estará apta a acolher as reuniões dos associados e eventos diversos dentro de um planejamento a ser definido pela comunidade local.

NOVO ESTATUTO PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL

O novo estatuto foi registrado no Cartório Melo Junior desde o dia 24 de julho de 2017 e foi entregue devidamente formatado no padrão exigido na sexta feira, dia 28 de julho de 2017 e já saiu publicado na edição de hoje, 31 de julho de 2017.   Você pode acessá-lo através do link acima e imprimi-lo. São apenas 7 páginas. 
Ressaltamos aqui, por uma questão de justiça, que o novo estatuto começou a ser elaborado pela diretoria provisória da qual faziam parte os professores Gilberto Leitão Inácio de Loiola, Célio Andrade, as professoras Vanda Cidade Nuvens Silveira e Heloisa Barros Leal. Na diretoria de transição foi constituída uma Comissão com os professores Célio Andrade, Raimundo de Assis Holanda,Nelson Arruda, e as professoras Vanda, Heloisa Barros Leal e Leticia Mota. Participaram ainda as professoras Verônica e Elvira.
Ademais a diretoria atual deu a sua contribuição elucidando algumas dúvidas e enriquecendo o documento.
Ao final registramos o trabalho voluntário de revisão técnica do professor Marcondes Cavalcante França e o trabalho profissional do funcionário Luis Gomes um "expert" na formatação de documentos oficiais.

AMANHÃ TEM MAIS...
BOM DIA!!!

FIQUEMOS AGORA COM IVAN LINS INTERPRETANDO ACASO PARA ALGUÉM MUITO ESPECIAL.



E  MAIS PORQUE HOJE É SEGUNDA...


E COM AS NOSSAS ESTATÍSTICAS

Visualizações de página de hoje
75
Visualizações de página de ontem
465
Visualizações de página do mês passado
12.761
Histórico de todas as visualizações de página
1.228.265




Nenhum comentário: